Jesus é a Real Razão do Natal



A família é um bem precioso, e o Natal, como poucas outras datas, fortalece os laços e toca os corações. Como seria bom se pudéssemos manter esse clima e espírito por todo o ano. Apesar do comércio exagerado, podemos aproveitar os meses que antecedem dezembro e construir hábitos que nos aproximem, como seres humanos e como famílias, sem mergulharmos no marketing sedutor e comercial que vivemos.

Os presentes de Natal são um símbolo de amor de quem os oferecem a quem são dados. O fato de darmos presentes no Natal vem da ideia de que os Reis Magos trouxeram presentes a Jesus guiados pela estrela que surgiu.

  • O ouro era um presente típico oferecido aos reis, pois simboliza a monarquia e a realeza, e era um presente muito adequado ao “Rei dos reis”.

  • O incenso era usado em ordenanças do sacerdócio, em ofertas de alimentos e em óleo para ungir sacerdotes, representando o Cordeiro de Deus que seria sacrificado em nosso favor.

  • A mirra era associada ao sepultamento, devido as propriedades de conservação. Seu uso medicinal simboliza o papel de Cristo como o Grande Médico, e sua utilização em enterros simboliza a amarga taça que Ele tomaria ao sofrer por nossos pecados.

Deus nos deu um grande presente: Seu filho Jesus Cristo, que nos deu outro presente: As boas novas do Evangelho eterno. Este é o significado real do Natal.

Ao darmos presentes uns aos outros, podemos estar seguindo o que Paulo ensinou sobre doar nosso tempo e talentos para servir nosso próximo, não somente no Natal, mas durante todo o ano. (2 Coríntios 8)

Com o comércio exagerado que foca mais em Papai Noel que em Jesus Cristo, nós ainda podemos presentear quem amamos com presentes que tragam o verdadeiro simbolismo do Natal ao invés de apenas basearnos na quantidade imposta pelo comércio e sociedade. Afinal, dar um presente é uma expressão natural de gratidão, amor, apreciação e carinho. Não precisamos medir nosso amor pelo valor que gastamos. A simples lembrança e a doação do que somos e de nossos talentos é o que fará realmente a diferença na vida de quem amamos.

Veja 10 ideias de presentes que trazem o significado do Natal que você pode preparar com amor:

1. Um presépio

Um presépio traz tanto significado. É a pureza de um bebê, a simplicidade da manjedoura, a força da família, a esperança do evangelho. Cada peça um personagem, com ensinamentos e lembretes.

2. Alegria personalizada

Pense na pessoa que você quer presentear. Seja um chocolate, um porta-retrato de família, um objeto que faça a pessoa sorrir, um vídeo especial como tributo a seus pais, avós e familiares, ou mesmo uma ajuda que ela precise para deixar seu Natal melhor. Ou simplesmente fazer uma visita a alguém e passar algumas horas com alguém que precisa de companhia. Leve por exemplo sua mãe a um passeio, faça um jantar especial a seus pais, dê um dia de spa a aquela amiga querida. São pequenas coisas que demonstram seu amor por ações.

3. Um cd com músicas de Natal

O espírito doce das canções de Natal enchem o lar de alegria, as pessoas ficam inspiradas, os corações se abrem. Dificilmente encontraremos formas de tocar os corações tão profundamente como o fazemos com músicas de Natal. Para personalizar, grave também você cantando uma música ou declarando um poema ou mesmo uma carta à pessoa que ouvirá as canções com o coração repleto de gratidão.

4. Visitar exposições, presépios vivos, corais de Natal

Em algumas cidades temos teatros, corais, presépios vivos, exposições, enfim, se for gratuito, que tal levar aquela pessoa para ver uma dessas apresentações especiais? Aproveitem as atividades da época e não percam a oportunidade de aumentar o espírito de Natal em seus corações.

5. Ornamento para a árvore de Natal

Seja uma estrela, uma manjedoura, um anjo, sino ou uma pequena escultura que simbolize o Natal. Você pode ainda criar porta-retratos pequenos com as fotos dos filhos e netos aos pais e avós.

6. Livros ou escrituras e sessão de histórias

Um livro com histórias de Natal, em especial uma que toque o coração da pessoa, ou mesmo um par de escrituras novos com algumas escrituras de Natal marcadas fazem um bom presente. Reunir a família para ler histórias de Natal, ou mesmo os Evangelhos de Mateus, Marcos, João e principalmente Lucas 1 traz muito significado para a época.

7. Uma cesta decorada

No Canadá a tradição é presentear com diferentes tipos de cestas de acordo com o gosto da pessoa, normalmente com o que necessitam ou que lhes trazem alegria. É o significado da manjedoura que trouxe o bebê que o mundo precisava. Você pode montar cestas decoradas diversas como:

  • Cesta de guloseimas de Natal.

  • Cesta do banho do bebê.

  • Cesta de material escolar.

  • Cesta cinema com refrigerante, filme e pipoca de microondas.

  • Cesta de produtos de beleza.

  • Cesta de amigo secreto e outras.

8. Uma guirlanda de Natal

A guirlanda pode ser colocada na parede, porta ou mesmo como centro de mesa. Simboliza a eternidade da promessa da graça de Jesus.

9. Pães, panetones , bolos

Para a ceia de Natal com a família, representando o sacramento compartilhado por Jesus Cristo na ceia com os apóstolos. Capriche na receita, coloque num prato bonito e decore-o com uma mensagem personalizada a familiares, amigos e vizinhos.

10. Um abajour ou vela decorada

Também pode ser como um centro de mesa na ceia de Natal. Representam a presença de Cristo como a luz do mundo.

Tradições para a família e Igreja no Natal

Desde cedo, podemos desenvolver certas tradições e atividades com as crianças de forma que elas entendam o significado do Natal, e não somente fiquem excitadas com os presentes ou substituam a data pelo Papai Noel, e assim ajudá-las a adquirir alguns hábitos que possam perdurar pelo ano novo. Mais do que presentes, esta é a época de celebrar o nascimento Daquele que mudou a nossa vida. Relembrar o que Ele nos ensinou e viver de forma a não tornar essa data apenas comercial é a coisa mais importante que podemos ensinar aos nossos filhos.

Precisamos planejar atividades em família ou na Igreja que incentivem estas tradições, pois assim estaremos ensinando valores às crianças, jovens e adultos, e construindo memórias que elas levarão consigo por toda a vida. Pode-se começar bem antes, durante os meses que antecedem o Natal. Isso pode incluir preparar presentes caseiros, montar decorações com materiais reciclados ou artesanais, confeccionar cartões personalizados, e criar tradições que abracem a todos os familiares e amigos, e isso não precisa envolver muito dinheiro.

Alguns exemplos de tradições para as famílias e Igrejas nesta época:

1. Contar a história do Natal enquanto monta o presépio diretamente das escrituras

Para isso vocês podem fazer uma noite especial, com cantigas de Natal, e família reunida. Talvez até um teatrinho com as crianças vestidas como os personagens da natividade.

2. Colorir desenhos da natividade

Existem alguns sites na internet de onde você pode imprimir gratuitamente cenas do nascimento do bebê de Belém e as crianças poderão colorir.

3. Ir ao correio mais próximo e escolher uma cartinha de Natal

Em várias cidades do Brasil, os correios possuem a campanha Papai Noel nos Correios, onde várias crianças de famílias menos afortunadas enviam suas cartas, e as pessoas providenciam alguns presentes que tem mais a ver com necessidades e os corrreios se encarregam de entregar.

4. Visitar um orfanato

Vocês podem distribuir alguns presentes baratinhos para as crianças, doces, ou mesmo apenas ir visitá-las, participar de algumas brincadeiras com seus filhos. Eles verão o quão afortunados são por terem uma família.

5. Visitar um asilo

Um asilo muitas vezes pode ser um local não muito animado para as crianças pequenas, mas se planejarem uma visita aos velhinhos que muitas vezes não recebem visita alguma, principalmente se as crianças os virem como potenciais avós, pode ser gratificante.

6. Escolher uma família pobre e fazer uma surpresa

Vocês podem prestar atenção na vizinhança e escolher uma família que conheçam que está passando por necessidades, e deixar por exemplo uma cesta básica na porta. Ou mesmo um vale presente para um supermercado mandado anônimo pelo correio ou deixado embaixo da porta. Existem muitos meios de ajudar os menos afortunados, e as crianças podem participar disso e aprender por exemplo.

7. Escrever cartas e fazer desenhos

As crianças podem ajudar no feitio de desenhos para avós distantes, parentes e amigos da família que moram longe. Que tal planejar uma tarde de atividades onde elas poderiam fazer alguns desenhos, para algumas pessoas, pensando em cada uma delas, individualmente. Vocês poderiam conversar sobre as necessidades de cada uma para que a criança tenha ideia do que desenhar.

8. Cantar canções natalinas

Vocês podem reunir as crianças da família, da vizinhança, ou mesmo da igreja a que frequentam e ensaiar um coral. Escolham algumas músicas, de uma a três canções que elas podem memorizar e ensaiem. Esse pequeno coral poderá ser a alegria da vizinhança passando de casa em casa, alegrando aqueles que muitas vezes passarão o Natal sozinho.

9. Fazer sessões de fotos com toda a família

Reuniões de família nessa época do ano possuem um significado especial. Vocês podem separar um dia para as sessões de foto com cada família, e algumas em conjunto com todos. Vocês podem combinar roupas, camisetas da mesma cor, roupas em tons das cores do Natal, escolher um local especial e assim construirão tradições, onde poderão acompanhar o crescimento dos filhos, e ver as bênçãos que os anos trazem a cada um.

10. Montar o presépio juntos

E finalmente, o mais importante para trazer o Espírito do Bebê de Belém ao seu lar: montar a natividade, explicando o que cada personagem significa e quem foram, e por último, colocar o bebê na manjedoura, o aniversariante e pessoa mais importante da data.

Planejem uma noite especial, onde possam tocar e cantar músicas de Natal, montar a árvore e por último, todos juntos, o presépio, colocando o bebê Jesus na manjedoura enquanto leem Lucas 1.

A simplicidade, a beleza e o sentimento doce de um presépio que nos traz tanto significado e nos ajuda a focar no real sentido do Natal.

D. Primo Mazzolari, franciscano, de onde começou a tradição dos presépios, disse: “Se o mundo ainda quiser ter homens livres, se quiser ter homens justos, se quiser ter homens com o espírito da fraternidade, é importante não esquecer os caminhos do presépio.”

Ofereça seu melhor presente ao Salvador Jesus Cristo: Viva em retidão

Os caminhos até a manjedoura são repletos de fé, esperança, amor, perdão, misericórdia, gentileza, generosidade, compaixão, alegria, salvação, obediência e vida, colocados em prática através da gratidão de um Pai amoroso.

Os ensinamentos do bebê de Belém perduram por milênios. Alimentar os famintos, vestir os nus, perdoar os culpados, fazer bem-vindos os marginalizados, cuidar dos doentes, amar os inimigos, e fazer aos outros o que gostaríamos que fizessem a nós realmente pode ser aprendido sem a necessidade de uma religião, mas só existiu uma pessoa que ensinou todas essas coisas num período de tempo de apenas 3 anos, e seus ensinamentos perduraram por milênios até agora. E o melhor, Ele ensinou pelo exemplo.

A inocência de uma criança em trazer o menino Jesus como o centro e a coisa mais importante na celebração do Natal, enquanto os pais estão preocupados com outras coisas, também importantes, mas que podem ser resolvidas mais tarde, faz-nos lembrar que se colocarmos o Senhor Jesus Cristo no centro de nossa vida, todas as outras coisas encontrarão seu caminho, ou serão retiradas de nossa vida.

Dar um presente espiritual a Cristo não significa que precisamos ser perfeitos agora, mas sim que possamos fazer o nosso melhor para que nossa vida nos traga alegria. Se cairmos, podemos nos levantar. Focar na inocência de uma criança é entender que o Senhor nos ama e nos aceita e nos quer de volta como os pequeninos, com nossa alma pura e seguindo Seus ensinamentos e sendo um discípulo verdadeiro.

Se nos dermos a Jesus Cristo de presente, seremos nós os mais abençoados. Se vivermos nossas vidas segundo a simplicidade e o significado do presépio, seremos nós os receptores do amor divino.

Que possamos colocar Jesus Cristo no centro de nossas vidas, voltar-nos para nosso Criador e ter Sua face resplandecente na nossa.


22 views
  • Amazon Author
  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
© C. A. AYRES 2000-2020 - All Rights Reserved